Espaços Autónomos e as infraestruturas do movimento

A crise financeira de 2008 e o disseminar global de uma governamentalidade da crise fez com que, um pouco por todo o lado, surgissem novos paradigmas de resistência: o 15M, as praças ocupadas, o Occupy, etc. Uma das consequências tangenciais desses movimentos foi a proposta de uma reformulação da relação entre política, espaço e poder:…

ESPAÇOS AUTÓNOMOS: Debates e Conversas

Os anos que assistiram ao esgotamento das formas clássicas da esquerda e do movimento operário viram também a emergência de novas forma de luta e de resistência que procuravam alterar os paradigmas do que significava fazer e viver a política ante o aparente triunfo do capitalismo. O território, percorrido e construído a partir das infraestruturas…