The philosophy behind Rojava - 25 Jun -17h

The philosophy behind Rojava: apresentação + jantar

No Sábado 25 de Junho 2022, a partir das 17h, o RDA69 recebe a Plataforma de Solidariedade com os Povos do Curdistão para uma apresentaçã e conversa sobre a filosofia que sustenta as experiências políticas recentes no Rojava. [PT]17:00: apresentação com Nazan Üstündağ, Havin Guneser e Andrej Grubačić.20:00: jantar benefit. Em Rojava (Federação Democrática do…

Conversa com o autor de “Transumano Mon Amour”

«O movimento H+ é, em poucas palavras, uma organização que tem como objectivo ultrapassar, com meios científicos e tecnológicos, os limites da condição biológica do ser humano e, em última análise, almeja alcançar a imortalidade terrena. A adjectivação “terrena” serve para expressar o aspecto aparentemente mundano e laico desta nova figura da mais antiga inquietação…

cartaz: Debate sobre novos sindicatos e movimentos laborais - 29 fev. 16h

Debate: Novos Sindicatos e Movimentos Laborais – 29 fev. 16h

Com as participações de: Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas Rede de Apoio Mútuo António Mariano (Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística Manuel Carvalho da Silva Nos últimos anos vimos surgir em Portugal movimentos laborais algo inéditos pelos seus modos de organização, tácticas e repertório de acção, bem como pelo impacto que tiveram…

Franco Bifo Berardi – Trumpism: Humiliation and Funky-Nazism # 19 fev. 18h30

O filósofo italiano Franco “Bifo” Berardi vem ao RDA69 para conversar sobre Trump e os novos fascismos. Bifo é uma das vozes mais singulares da filosofia crítica contemporânea, com um poderoso percurso histórico de pensamento e militância. Nos últimos anos tem dado especial atenção aos fenómenos do populismo e da ascensão da extrema-direita. Após a…

Quem tem medo de um sujeito político negro

OS MUITOS PIDJIGUITIS DA HISTÓRIA conversa e exposição benefit para o Observatório do Controlo e da Repressão Lembram-se do Pidjiguiti? Provavelmente não. Eu não me lembro, não era nascido, mas a memória histórica deveria existir. E se essa memória histórica não existe, deveríamos perguntar-nos porquê. Um dia, enquanto caminhava pelo porto de Bissau, vi uma…